Neuroeducação: os aspectos cognitivos da aprendizagem

Notícia



Você pode entender os aspectos cognitivos como uma espécie de motor no processo da aprendizagem. É através da cognição que o indivíduo consegue processar as informações e responder de forma adequada a todas elas. Tudo isso é importantíssimo para a tomada de decisão do ser humano e, claro, essas partes precisam ser íntegras, maduras e condizentes com a idade.
 

Desenvolvimento cognitivo
 

O processo de aprendizagem conta com uma parte importante, que é conhecida como desenvolvimento cognitivo. É através disso que sabemos que o indivíduo está em evolução para alcançar a sua autonomia, isto é, para desenvolver suas tarefas sozinho. Quando há uma alteração nesse sentido, é possível que algo esteja errado ou que a pessoa possa sofrer algum distúrbio.
 

Na prática
 

Vamos imaginar uma sala de aula diversificada, com alunos regulares e outros com necessidades especiais. O educador precisa ter em mente que a metodologia utilizada durante as aulas precisa ser útil para todos, já que cada indivíduo dentro desse ambiente tem suas particularidades e dificuldades. Se o profissional de educação não estiver preparado, se não tiver conhecimento nem sensibilidade para atender a todos os tipos de alunos, o resultado será um deficit na aprendizagem do aluno ou do grupo de estudantes.
 

O cérebro
 

Podemos imaginar nosso cérebro como uma máquina, e, para seu desempenho correto, é preciso que todas as suas áreas estejam em atividade plena. Há uma série de interligações e integrações que ajudam em seu funcionamento.
 

As conexões se aprofundam e se interconectam com o objetivo de formar unidades funcionais, e isso acontece para que o cérebro funcione de forma saudável e essencial, a fim de que o indivíduo consiga desempenhar atividades básicas do dia a dia.
 

Por conta de todo esse processo, conseguimos ler, escrever, pensar, perceber sonhos e estímulos visuais, entender símbolos etc. Por isso, o processo de aprendizagem precisa ser compreendido como algo profundo que acontece dentro de nosso cérebro.
 

Pós-Graduação em Neuroeducação
 

A Pós-graduação em Neuroeducação oferece fundamentos teóricos sobre o desenvolvimento nervoso e sobre as várias etapas de aquisição de habilidades sensoriais, cognitivas, emocionais e psicológicas, necessárias ao desenvolvimento da aprendizagem, sob o prisma da neurociência, estimulando a produção de conhecimentos para a prática neuropedagógica e neurodidática na área educacional.
 

Saiba mais sobre o curso: https://bit.ly/2Bo0aOl

 

Outras notícias

Veja também


21 Out 2020

O novo mercado de trabalho e o Gestor de RH

A pandemia trouxe para todos uma nova realidade, e, dentro das empresas, as mudanças também…

14 Out 2020

Por que é tão importante para a empresa entender o comportamento do consumidor?

Todas as empresas precisam seguir uma série de protocolos para oferecer produtos ou serviços…